BIOGRAFIA Anos de Ouro 60, 70, 80

Anos de Ouro

Talvez não haja período na história do rock que tenha sido tão execrado pela critica musical quando os anos 80.
Apedrejamento tão grande só é possível encontrar nos arquivos de revista e jornais, no tópico referente á corrente denominada “rock progressivo”.
Entretanto, um olhar mais acurado para esse período, que nasceu da efervescência punk, mostrará mais que uma década de decadência, anos de fermentação. Como se diz por ai: “a época da muda”
Os anos 80 foram responsáveis pelo surgimento de grupos como: smiths, R.E.M e U2.
Armados de guitarra, baixo e bateria, esses grupos resgataram um pouco do puro rock.
Além disso, os anos 80 trouxeram á tona uma outra faceta: a explosão visceral do thrash metal como símbolo da violência, que grassa em todo o planeta. O barulho ensurdecedor e a velocidade supersônica, feito metáfora da vida atual, expandiu ao limite do impossível a brutalidade desencadeada por grupos como Iron Maiden, Motorhead e Venom. Nesse contexto, o aparecimento de bandas como Metallica, Slayer, Megadeth e Anthrax, Pra ficar apenas no “Big Four”, foi o Germe do que Viria a Seguir nos anos 90.
Como se vê, apesar de certos descaso por parte dos críticos, não foi tão ruim afinal, Madonna surgiu nesta década e veio mudar a concepção daquilo que conhecíamos como “pop”, influenciando a musica do mundo inteiro.