Cósmica
Era uma vez uma pessoa comum
A fim de saber do bem e do mal
E que um dia sacou
Que o seu lado é o amor
Não aceita a violência
Cultiva, a consciência
E vive nessa magia
Em busca da sabedoria
Cósmica a claridade da manhã
Cósmica como o infinito lá do céu
Cósmica como toda a natureza
Brotou bem lá no fundo
Do seu pequenino mundo
O desejo de saber como é profundo viver
Da matéria ao espírito
Por mais que parece esquisito
Cósmica é a sintonia espiritual
Baby Consuelo - Cósmica
Versão do álbum:
Outra versão dessa música
COMENTÁRIOS