Cigarro aceso no braço

Cigarro aceso no braço
Por mais que eu queira insistir
Nosso tempo acabou
Eu tenho que admitir
Isso não é mais amor

Tarde da noite voce não é mais
A mesma pessoa
Que eu amei acima de tudo
E nada disso foi a toa

Vendo o sonho morrer
Eu pude perceber
Voce dormindo hoje ao meu lado
É um cigarro aceso queimando o meu braço
É um cigarro aceso queimando o meu braço

Agora não tem mais jeito
Mil detalhes nos acordaram
O rio ficou estreito
Nossos papos se desmancharam

Tarde da noite voce não é mais
A mesma mulher
Que eu amei acima de tudo
Na vida nem sempre é como se quer

Vendo o sonho morrer
Eu pude perceber
Voce dormindo hoje ao meu lado
É um cigarro aceso queimando o meu braço
É um cigarro aceso queimando o meu braço

As lembranças são tão cruéis
Mas um dia vão seguir adiante
O futuro é um quarto escuro
E a culpa, dilacerante

Barão Vermelho - Barão Vermelho (2004)
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS