Dinheiro Não É Semente

Dinheiro Não É Semente

Dinheiro não é semente
Que, plantando, dá.
Se eu quero ver a cor dele,
Eu tenho que trabalhar.
Se alinhado,
É porque tenho gosto.
Se ando endinheirado
É com o suor do meu rosto.
(bis)


Não vivo por ver um outro viver
Vivo porque sei compreender
Que, sem trabalhar,
Eu não vivo sossegado.
Na tesoura dos amigos
Eu ando sempre cortado


E o dinheiro não é...

COMENTÁRIOS