Mulher Sem Nome

Mulher Sem Nome
Teu amor não tinha medo
Meu amor não tinha cura
Nós amávamos sem endereço
Viajávamos pra lua
Mas sem aviso, causa ou gesto teu
Eu fui devolvido à rua
Mulher sem nome
Crueldade assim não tem perdão

Contra a dor não há remédio
O amor só vê saída
Se seguir caminho reto
Rumo ao centro da ferida
Mas sem beijo, sem dizer adeus
Eu fui devolvido à vida
Mulher sem nome
Crueldade assim não tem perdão
Herbert Vianna - Herbert Vianna - Victoria
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS