Rumbando

Rumbando
Gemedeira, tremedeira, gemedeira, tremedeira,
Gemedeira, tremedeira, gemedeira, tremedeira...
Ai, imita, levita, segura a cintura,
Ai, rumba, rumbeira,
Sacode os balangandãs
E ajeita as bananas, balança os babados
Badala e obrigada
- obrigada, minhas fãs!
Ai, o rumo da rumba, um bumbo, uma tumba,
Um rombo e um tombo
- mas nasceu pra bailar!
Pode ser congada
Mas nasceu pra bailar.
Ai, boneca de mola, com estola de pele,
Cheirinho de talco
¾ não treme no palco!
As pedras da cordilheira
Caíram na cristaleira.
As pedras da cordilheira
Caíram na cristaleira.

João Bosco - Galos de Briga
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS