Olhos Claros

Já faz mais de vinte anos
Que fui preso estou pagando
Por um crime que eu cometi

Olhos verdes são ternura
Me levaram a loucura
E por isso estou aqui

Alguém vive lá de fora
Contando minuto e hora
Para me ver em liberdade

Esse alguém não sei porque
Não quer mais me ver sofrer
E gosta de mim de verdade

Deus ouviu minhas preces e me atendeu
Em graça e sabedoria a criança cresceu

Domingo no mesmo horário
Um homem de olhos claros
Vem aqui me visitar

De gravata e barba feita
Traz em sua face perfeita
Esperança no olhar

Como se fosse um amigo
Ele fica aqui comigo
E me faz bem vê-lo ficar

Uma hora me olhando
Com os olhos lacrimejando
Diz que vai me libertar

Deus ouviu minhas preces e me atendeu
Em graça e sabedoria a criança cresceu

Um dia no mesmo horário
O homem de olhos claros
Novamente apareceu

Disse eu vim pra te buscar
Você vai me acompanhar
Sou advogado seu

Minha mãe já me contou
Que um dia você matou
Só porque amou demais

Eu sou aquela criança
Seu filho sua esperança
E vim te libertar meu pai

Deus ouviu minhas preces e me atendeu
Em graça e sabedoria a criança cresceu

Hoje estou em liberdade
Mas confesso na verdade
Ainda continuo preso

Nas lembranças do passado
Ainda estou acorrentado
E aprisionado pelo medo

O homem de olhos claro
Que com pensamentos raros
Me tirou dessa prisão

Tinha nos olhos um brilho
Este homem e o filho
Que eu pedi em oração

Deus ouviu minhas preces e me atendeu
Em graça e sabedoria a criança cresceu
COMENTÁRIOS