Espantando Bagual

Espantando Bagual
(Putututututu, temo domando
Temo aprendendo, temo ensinando)
O homem é igual ao cavalo quando é bom já nasce pronto

Mas a vida é que dá o pealo para deixar de ser potro
O cavalo se ajeita no freio e o homem na luta em que passa
Um se conhece em rodeio e o outro na causa em que abraça
O mundo é que doma o homem e o homem é que doma o cavalo
Uns atropelam no laço e outros já nascem domados
Não sou xucro, nem domado sou manso só de selim
Se me botarem no arado quebro a coice o balancim
Mano Lima - ESTOURO DE TROPA
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS