Todos Enquantos

Todos Enquantos
Todos meus tantos são teus
Todos enquantos...
Todos meus santos... ateus!
Desde quando nosso encantamento feneceu...

Finjo-me anjo, orfeu!
Alivia o alvoroço
Com o cuidado teu...

Diz quanto é tanto?
Eu não sei nem bem
Por onde procurar...

Há um ledo engano
Em não querer ver
Que é dom: recomeçar!

Todos meus tantos são teus
Todos enquantos...

Finjo-me drama... romeu!

Faz de conta que ainda somos
Quem nos escreveu!

Torna-te quem tu és:
Canção
Clarão
Crescente
Transcender

Nao arrisque crer na intuição que em vão
Nos faz desvanecer
O Teatro Mágico - Recombinando Atos
Versão do álbum:
Outra versão dessa música
COMENTÁRIOS