Camaleão
Eu me transformei num camaleão
Pra você me ver e pensar que não
Pra me confundir com a própria confusão

Não quero saber se tenho razão
Só quero testar a sua percepção
Só quero fugir da igualização

Pra não ficar estacionado
Como um trem parado na mesma estação
Pois continuo a viagem
Eu busco a verdade do meu coração

As cores que escolhi para me vestir
São essas que conheces e outras que vão existir
Todas combinadas, misturadas entre si

Meu nome e meu sorriso, eu já me esqueci
O lugar embaixo de mim foi morar bem longe daqui
Quem dera meu próximo abraço fosse em volta de ti

Não acredito que haja um pote de ouro
No fim do arco-íris
Mas acho que merecemos uma nova chance
De sermos felizes
Paulinho Moska - Pensar É Fazer Música
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS