Do Avesso
Tem maluco que põe o pé na estrada
Dizendo vou pra longe do pai
Sai com a mochila cheia e tão pesada
E pra seguir na estrada
Vai ser difícil de carregar

Já não quer conselhos
Já não quer saber de nada
O que ele quer
É simplesmente se aventurar

E arriscar a vida que por Deus foi dada
Custe o que custar
Ele acredita que vai se dar bem
E não vai depender da ajuda de ninguém

Não dá pra se esconder do Deus que tudo vê
Não precisa estar do avesso pra ele te conhecer
Está na palma da mão o poder de mudar
Basta uma palavra dele para te transformar

Se eu fosse você não fugiria mais
Não adiaria, faria como um rapaz
Que se arrependeu e procurando paz
Mudou a rota pra casa, foi para os braços do pai
Paulo César Baruk - Graça
Versão do álbum:
Outra versão dessa música
COMENTÁRIOS