São Tantas Coisas-por Cícero Baptista

São Tantas Coisas-por Cícero Baptista
São Tantas Coisas
Ricky Vallem
Por (Cícero Baptista)

"...Tudo isso que hoje sei.
São estradas que eu andei.
Por este chão.
São porteiras que eu abri.
E atalhos que seguir, pelo o sertão.

Meu canto eu fui buscar.
Me esperando em algum lugar,do meu país
Onde o vento faz canção.
Canta doce o coração, me faz feliz.

Quando escuto alguém cantar, e a viola pontear,
A beleza das canções.
Eu sinto que realizei.
Tantos sonhos eu plantei nos corações.

E é preciso acreditar, que tem mais pra se plantar,
Quantos frutos pra colher.
Sua vida é isso aí...
Quem deseja conseguir, tem que aprender.

Tudo isso que hoje sou, são centelhas desse amor,
Que acendeu
Espalhando a minha voz,e hoje somos todos nós
Graças a Deus..."

...São tantas coisas.
Só nós sabemos o que envolve o sentimento.
O nosso amor está magoado.
Mas eu tento dar vida a minha.
Que entreguei em suas mãos.
Nossos momentos, as nossas brigas,
Nosso louco juramento.
E este medo de perder você que amo.
Me faz tão fria, indiferente à situações.

Vou confessar, renunciei você de tanto louco amor.
Mesmo morrendo sufoquei a minha dor.
No quarto escuro do meu ego sem respostas.
Não acredito que conheci você a caso do destino.
Foi Deus quem trouxe e te pôs no meu caminho.
Pra me mostrar que não sou nada, sem você.

(2 Vezes)

São tantas coisas.
Temos até platéia, contra e a favor.
Apostadores da nossa grande dor.
Metade amigo que aplaude nos devora.
Só mesmo amor... de corpo e alma,
Pra vencer esta batalha.
Seguimos juntos pra quebrar esta muralha.
E receber das mãos divinas,
O troféu do amor.

Vou confessar, renunciei você de tanto louco amor.
Mesmo morrendo sufoquei a minha dor.
No quarto escuro do meu ego sem respostas.
Não! Eu não acredito que conheci você a caso do destino.
Foi Deus quem trouxe e te pôs no meu caminho.
Pra me mostrar que não sou nada sem você...

(Repete o refrão)
Ricky Vallen - + Rycky Vallen
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS