Isso não são horas

Isso não são horas
Isso não são horas
De você chegar
Só pra me contrariar
Eu vou lhe abandonar
Já estou cansado de penar
(eu falei pra você)
Eu vou lhe abandonar
Já estou cansado de penar

Obra da fatalidade um acontecimento na vida real
Pois o homem que é homem não chora, a mulher vai
Embora, isso é natural
Essa mulher não me ama, essa mulher não me adora
Quando ela me vê no samba, não sei porque que ela
Chora (isso não são horas...)

Isso não são horas
De você chegar
Só pra me contrariar
Eu vou lhe abandonar
Já estou cansado de penar
(eu falei pra você)
Eu vou lhe abandonar
Já estou cansado de penar

Naquelas flores se encontram, a liberdade da sorte
Uma se encontra na vida,a outra se encontra na morte
Alecrim na beira d'água chora a terra em que nasceu
Eu também tenho chorado pelo amor que foi meu (isso
Não são horas...)

Isso não são horas
De você chegar
Só pra me contrariar
Eu vou lhe abandonar
Já estou cansado de penar
(eu falei pra você)
Eu vou lhe abandonar
Já estou cansado de penar

Sant'antônio pequenino é um santo sabidão
Pedi uma cabrocha pra mim, ele mandou uma porção
A mulher para ser minha, tem que ser namoradinha
Come pão com banana em casa e diz pra vizinha que
Comeu galinha (isso não são horas...)

Isso não são horas
De você chegar
Só pra me contrariar
Eu vou lhe abandonar
Já estou cansado de penar.
Roberto Ribeiro - Todo menino é um rei
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS