Carregue os feridos

Carregue os feridos
Não há como negar que Deus vai nos mostrar
Suas palavras carregaram nossa dor

Deserto interior onde há somente dor
Somente dor, somente dor

Ele ouve o teu clamor
O teu clamor, o teu clamor, o teu clamor

Da cruz veio o perdão, do espinho a compaixão
O Cordeiro que os feridos carregou

Meu desejo é te dizer
Algo em que se pode crer
Se pode crer, se pode crer, se pode crer

Da cruz veio o perdão, do espinho a compaixão
O Cordeiro que os feridos carregou

Às vezes se esquece o porquê
Vive sem motivos pra viver

Carregue os feridos
Não olhe sempre apenas para você
Para o que o mundo tem a oferecer

Carregue os feridos carregue os feridos
A vida não existe sem o amor
Pagou o preço com a própria dor

Carregue os feridos
Não olhe sempre apenas para você
Para o que o mundo tem a oferecer

Da cruz veio o perdão, do espinho a compaixão
O Cordeiro que os feridos carregou
Rosa De Saron - Angústia Suprema
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS