Demônio Colorido

Demônio Colorido
Demônio Colorido

Sandra de Sá

Seus olhos ao invés de verdes
Deveriam ser vermelhos incandescentes
Na mão ao invés de uma rosa
Você deveria ter um tridente
Sua voz é tão suave
Quando deveria ser mais arrogante
Vadiando na minha cabeça
Não me deixa um só instante
Mas eu vou lhe guardar
Com a força de uma camisa
Me despir do pavor
Lhe chamar de amiga
24 horas por dia
Tentando o meu juizo
Foi unanimemente eleita
Meu Demônio Colorido
Sandra de Sá - Música Preta Brasileira (Ao Vivo)
Outra versão dessa música
COMENTÁRIOS