Tapa na Cara
Seus olhos são laços
Que prendem meus passos
Nessa pressa de chegar
Caminho sozinho entre pedras e espinhos
Procurando te encontrar

Vejo uma porta entreaberta
Me flerta o brilho do seu olhar
Imagino ver você onde quer que eu vá

Toda vez que procuro seu beijo
Me perco, me afogo em solidão
Acordar de manhã
E provar outros lábios
Com vazio no coração
E você não pensou um segundo
Bateu a porta e me disse não

Tapa na cara eu sei que vai doer
Mas não doi mais do que perder você
É uma ilusão pensar que um dia
Eu possa te esquecer

Tapa na cara eu sei que vai doer
Mas não dói mais do que perder você
É uma ilusão pensar que um dia
Eu possa te esquecer
Se eu tiver que ser feliz é com você

Zezé Di Camargo e Luciano - Double Face - Inéditas
Versão do álbum:
COMENTÁRIOS